domingo, 24 de junho de 2012

Um pouco da cultura africana


A África é um enorme continente, constituído por 53 países com enorme diferenças entre si devido a questões históricas, econômicas e geográficas.
A África tem como característica marcante em sua historia, a diversidade cultural de sua população. A cultura africana tem grande influência na cultura brasileira, pois os escravos trazidos para cá enriqueceram nossa cultura com seus rituais religiosos, costumes, danças culinária, etc.
De acordo com estudos antropológicos a África é considerada o berço da humanidade pois os mais antigos indícios da história humana encontram- se neste continente.
O Brasil tem a maior população de origem africana e a consequência disto é a grande influência, desta cultura, mais presente na região nordeste do Brasil.
   
           
                                                 MÚSICA

Na sociedade africana a música faz parte dos rituais sociais e religioso, e esta relacionada ao som de tambores, mas alem deles são usados diversos instrumentos.
No Brasil o samba é a grande influência da cultura africana que está envolvido na maioria das manifestações culturais hoje em dia, do samba se gerou outros sub-gêneros que acabou dando origem ao ritmo a uma das maiores festas no Brasil o carnaval.




                                                  DANÇA

Os africanos comemoravam os acontecimentos de suas vidas, tais como: nascimento, morte, plantio, colheita, com a dança, ela fazia parte de seus rituais e cerimonias que variam de região para região. É uma atividade praticada em grupo por homens, mulheres e crianças, onde formam uma roda batendo palma para os dançarinos. As danças chegam representar até seis ritmos ao mesmo tempo e é rica em movimentos, de maneira que cada parte do corpo movimenta- se com um ritmo diferente.

                                                          
                                           ALGUNS RITMOS DE DANÇA

                                                   Capoeira


A capoeira na verdade é uma luta disfarçada de dança, criada pelos escravos trazidos da África para o Brasil , dentro das senzalas misturavam - se  culturas de diversas tribos africanas que aos poucos foram agregando ao Ngolo ( um jogo de luta praticado pelos africanos) onde quem se torna - se o vencedor escolheria a mulher da tribo para ser sua esposa.
Na época da escravidão qualquer tipo de cultura negra era reprimida, principalmente se fosse voltada a luta, então uma forma de disfarce que os negros encontraram, foi de usar instrumentos musicais dando uma imagem de dança a capoeira, com musicas que falavam de Deus e de sofrimentos que aconteciam no dia a dia dos escravos, como os brancos não davam importância a cultura negra, não percebiam que essa dança era na verdade uma luta praticada pelos escravos.

                                                     Samba


É a principal forma de dança de raiz africana surgida no Brasil. A palavra vem de semba, que significa umbigada em dialeto africano. Com samba chegou ao Rio de Janeiro pelas baianas que foram viver na então capital. Uma delas reunia músicos que varavam a noite cantando em sua casa. Numa dessas reuniões surgiu a ideia da musica que se tornaria o primeiro samba.

                                                   Batuque amazônico


É uma manifestação que se originou do candomblé africano. Batuque é a denominação dada pelos portugueses para toda e qualquer dança de negros da África ou qualquer dança de tambor de caráter religioso ou não. O batuque amazônico é uma homenagem prestada a entidade Jurema, de acordo com os umbandistas essa entidade reina no tempo de lua nova.
                                                      

                                                   Pretinha da Angola


A formação para a dança é de um circulo, dançada exclusivamente por mulheres. Todo o desenvolvimento da dança baseia- se nos próprios versos que vão sendo cantada pelos músicos, pois toda a dança não só o ritmo, mas também na parte coreográfica refere- se aos trabalhos realizados pelos negros, sobre suas mágoas como escravos. Por isso os gestos acompanham exatamente a musica como esta sendo cantada.


                                                TRAJES AFRICANOS
                                                     


São marcas da identidade de cada grupo.
Os povos do continente africano costumam usar trajes, pinturas corporais, tecidos e adornos, conforme as identidades de seus devidos grupos. Geralmente as pinturas são usadas em cerimônias para enfeitar o corpo ou para exibir o estilo de sua tribo, todas as pinturas tem um significado diferente.
A vestimenta africana tradicional é o traje usado pelos povos do continente, por vezes substituída por roupas ocidentais introduzidas pelos colonizadores europeus.


2 comentários: